sexta-feira, 14 de junho de 2013

Fui pagar para ver e virei corno

Meu nome e Roberto, sou casado a 8 anos com Lucia, branca 1,69 m de altura cintura fina bunda arrebitada e redondinha uma delicia, cabelo grande, adoramos nos finais de semana sair para tomar umas cervejinhas e ficarmos tontinhos, adoramos também assistir filmes pornô, e em certa ocasião ela me perguntou qual era meu sonho de consumo, e eu disse que era comer ela e mais uma mulher ao mesmo tempo. Aproveitei que o papo estava descontraído e perguntei também se ela tinha alguma tara e ela me respondeu que sim, e que era dar para um negão tipo os do filme pornôs que assistimos às vezes, e eu me fazendo de bobo disse, mas como assim, não entendi e ela disse a seu bobo um com a pica bem grande e grossa.
Os meses passaram e em certo final de semana tive que viajar a trabalho para Minas Gerais e ela foi comigo, nos hospedamos em um hotel próximo ao centro, fui na reunião que tinha durante o dia e a noite saímos para tomar umas cervejas e conhecer o lugar, logo perto do nosso hotel havia um barzinho que estava ótimo, pessoas bonitas musica ao vivo, ela estava de vestido preto ate no meio da coxa e usava neste dia uma calcinha fio dental, o que realçava mais ainda sua bunda deliciosa, sentamos e começamos a beber, já estávamos tontinhos quando derrepente ela me disse, nossa amor tem um negão ali na mesa ao lado que não tira os olhos de mim, despistei e pude ver que realmente era um rapaz negro de boa aparência e parecia ter 1,90 m mais ou menos, voltei para ela e disse olha só seu sonho de consumo, ela disse e mesmo né ele deve ser uma delicia igual a você, ai eu já tonto disse brincando, então mate seu desejo conquiste o negão, quero ver!!!, e para minha surpresa ela levantou-se e passou pertinho da mesa do rapaz, que nem despistou e meteu o lho no rabo da minha esposa, ela continuou e parou próxima ao balcão e ali ficou por uns minutos e ele continuou a olhar, não passou muito tempo ele se levantou e foi em sua direção, acho que ela o parou não tenho certeza estava um pouco longe, os dois conversaram por uns instantes e depois ela voltou e disse acho que você vai ver mesmo!!! Já estava cheio de tesão, e ela me disse ele disse que estava louquinho na minha bundinha, e eu disse bundinha não bundão, perguntei para ela o que rolou e ela disse que ele estava afim de mim e me perguntou se eu estava acompanhada ai eu disse que você era meu amigo, ai ele me chamou para sair e eu disse a ele que eu era de fora e só iria se você fosse comigo e ele disse que não tinha problema, eu naquele momento já topava tudo, decidir seguir com a encenação, levantamos pagamos a conta ela foi à direção dele e chamou para sair fomos os três caminhando, quando derrepente ela disse poderíamos passar no apartamento preciso pegar uma coisa, fomos então para o apartamento, no caminho descobrir que o nome da rapaz era Julio e que ele tinha 25 anos, entramos e sentamos na cama ela foi ao banheiro logo voltou, derrepente elevei um susto, ela abaixou o vestidinho preto que usava ate a cintura e veio com os peitos de fora, pedindo para alguém amarrar as cordinhas do vestido atrás na nuca na Mesma hora Julio ergueu-se ficou atrás dela e meteu a mão em seus peitos e ela fechou os olhos e começou e se esfregar no cara, pude ver que suas mãos estavam para trás procuravam a pica de Julio, eu na mesma hora fiquei de pau duro, ela virou-se de frente a abriu o zíper da calça de Julio e abaixou a mesma ate o joelho só deixando o negão de cueca, pude ver que ele também estava ficando de pau duro, ela se abaixou e a piroca do cara ficou pertinho de seu rosto ela foi abaixando lentamente a cueca ate que aquela vara preta e grossa saltou em sua frente, pude ver que o rapaz era um cavalo pois alem de grossa era um pau imenso, minha esposa estava excitadíssima pegou aquela rola e começou a esfregar bem lentamente no seu rostinho, de tão grande teve que pegar com as duas mãos começou a chupar mas ela só conseguia ate um pouco mais do que a cabeça, era muito grande e ela mamava como eu nunca tinha visto, depois de chupar bastante levantou-se pegou naquele mastro puxou para sua direção e Começou a esfregar na sua buceta, cheguei, mas perto para ver ela batendo e esfregando a pica na sua racha que estava toda ensopada, empurrou o rapaz para a cama ele deitou de barriga para cima e pau duro em pe igual a um toco preto de madeira ela acabou de tirar sua roupa e ficou só de calcinha fio dental, subiu em cima dele e pegou na pica e começou a esfregar bem no meio da sua racha da portinha do cuzinho ate o clitóris para cima e para baixo deixando bem ensopado o pau do cara, mas derrepente ele se levantou pegou ela no colo e a deitou de pernas abertas e disse você não vai me ajudar ela da conta dois, eu fui em sua direção ela pegou minha pica que já estava latejando e começou a chupar enquanto Julio entrou com a cara no meio de suas pernas afastou a calcinha para o lado e começou a chupar com força que até fazia barulho, acho que gozou umas duas vezes na cara do rapaz.
Ela virou de bunda para cima aiiii que visão ver aquele bundão com a calcinha toda enfiada no rego, o Julio pegou seu pau e começou a enfiar bem devagar na sua racha e ela rebolava sem parar com minha pica em sua boca, Julio começou a socar mais forte e rápido, ela percebeu que ele iria gozar ela tirou a pica da buceta e colocou na sua boquinha e Julio encheu ate entornar sua boca de porra quentinha ela sem cerimônia engoliu tudinho e ela disse para mim vai lá agora cachorro, coma meu cuzinho quero o serviço completo, fiquei sem acreditar, pois para comer seu cuzinho era muito difícil ela quase nunca liberava, sem pensar duas vezes fui la para traz e vi que ele estava literalmente piscando junto com a sua bucetinha, dei uma lubrificada na porta da bucetinha e meu pau entrou fácil, aiiiiii que delicia meti como nunca e quando ia gozar ela fez o mesmo tirou meu pau do seu cu e colocou na boca ate que eu também enchi sua boquinha de porra e ela bebeu tudinho e ainda chupou os dedos, e disse espera ai vocês acham que acabou eu quero os dois agora quero ser fudida como nunca, subiu novamente em cima de Julio que estava recuperado enterrou aquela rola todinha na sua bucetinha, digo bucetão e pediu para que eu colocasse novamente em seu cuzinho, estava tão excitado que meu pau continuava duro, subi em cima dela e fizemos um sanduíche da minha esposa que ficou como se fosse uma vagabunda no meio de nos dois não demorou muito e nos três gozamos novamente. Julio foi embora e ela antes de dormi disse bem baixinho para mim, da próxima vez arranjaremos uma mulher bem gostosa para você matar seu sonho de consumo. Estou no aguardo.

3 comentários:

  1. Putz, isso é o que realmente queremos fazer, eu e minha esposa. Irmos passear em alguma cidade e no hotel, ela seduzir algum funcionário e leva-lo para o quarto e lá, socar picas nela. Nunca fizemos nada de diferente, mas chega uma hora que é necessário alguma coisa inusitada para apimentar a relação. Somos casados há mais de 25 anos e temos filhos adultos e casados. Então, isso que aconteceu com o casal tudo acima é tudo de bom. Queremos realizar esse desejo e gozarmos bastante. Estou de pau duro só de imaginar como deve ter sido gostoso. Parabéns ao casal safado. Claudio e Virginia- SP.

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu conto. Veja mis em http://www.casadaeni.com

    ResponderExcluir
  3. Que delicia, já fiquei imaginando um dotado dando uma surra de lingua e pica na minha gata, seria demais.

    ResponderExcluir